sexta-feira, 8 de julho de 2011

Inteiro

Sincero, sem cera, sem maquiagem
Com a coragem de ser o que é
Sem o disfarce da mera imagem

Certeiro, puro e verdadeiro
Sim ou não sem talvez
Morre o lobo, vive o cordeiro

Como na primeira vez

Real, total, inteiro

1 comentários:

Jardim das poesias infantis/Magia em versos disse...

Bom dia amigo!
Muito bom estar aqui em seu cantinho tão especial.
B elo e forte indriso.
abração com carinho.

Postar um comentário